Notícias

09/08/2011

Eduardo Costa é preso num show

 

O cantor sertanejo Eduardo Costa, que foi preso suspeito de agredir um segurança durante o show da cantora Paula Fernandes, em Sete Lagoas (MG), afirmou nesta segunda-feira que não se arrepende. “Mas uma coisa eu não sei: não (sei) o que é levar desaforo para casa. Se um cara encosta a mão em mim, ele está querendo tomar uma sova, e vai tomar”, escreveu, em sua página oficial na rede de microblogs Twitter.

 

 

A confusão teria começado após a apresentação de Eduardo na 45ª Exposete, feira agropecuária da cidade. Segundo o boletim de ocorrência, ele afirmou ter sido empurrado pelo assistente de produção da cantora Paula Fernandes. Ao voltar ao camarim, o cantor teria desferido socos nas pessoas que estavam no corredor, inclusive no produtor da cantora. Ainda segundo o registro, o chefe de segurança do evento chegou para acalmar a situação, mas também teria sido atingido pelo cantor. Ele foi encaminhado a uma delegacia e foi liberado após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência.

“Fui ver minha Paula Fernandes no camarim e na saída um segurança despreparado me empurrou e levou… aí apareceu gente para todo lado. No meio, um homem que se diz coronel e que eu nem sabia se era entrou no meio e aí eu já estava com o sangue quente”, postou. “Vou de 0 a 100 em menos de três segundos, e aí só Jesus… Enfim, se eu magoei alguém, me perdoe, não to aqui para isso.”

Eduardo disse ainda que, ao perceber a confusão, foi à delegacia, fez a ocorrência e voltou para sua casa. “E para falar a verdade com vocês eu não me arrependo, fiz o que qualquer ser humano com sangue nas veias faria…”, escreveu.

Fonte: Terra

 

Ao vivo

Rádio Liderança 105,9 FM - Quixadá No ar: Jornal Liderança

Tv Monólitos

Error loading video.

Newsletter

Receba as novidades do nosso site em seu e-mail.

Publicidade